Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/12/13 às 18h51 - Atualizado em 30/10/18 às 12h21

Pesquisa revela perfil socioeconômico da Região Metropolitana do DF

COMPARTILHAR

Levantamento alcançou 12 municípios e cinco núcleos urbanos

Representantes de diversos segmentos sociais da Região Metropolitana do Distrito Federal e o governador Agnelo Queiroz estiveram reunidos, na tarde desta quarta-feira (18), para a apresentação da Pesquisa Metropolitana por Amostra de Domicílios (PMAD), realizada pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), que traçou o perfil socioeconômico dos moradores da região.

Veja mais fotos clicando aqui.
 

A pesquisa alcançou 12 municípios e cinco núcleos urbanos (povoados). Dentre os dados destacam-se as atividades econômicas que mais empregam na região, como o comércio, que é responsável pela abertura de 25,9% dos empregos diretos; o setor de serviços, que atualmente emprega 12,23%; e a construção civil, que gera emprega 15,8% da população pesquisada.

 O percentual de moradores da Região Metropolitana que trabalham no Distrito Federal chega a alcançar a marca de 50% da população. Este é o caso de Planaltina de Goiás, Águas Lindas de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Novo Gama, Valparaíso, e Cidade Ocidental. 

Em seu discurso, o governador Agnelo Queiroz reforçou a busca por soluções entre os governos do DF e de Goiás. “Esta pesquisa é extremamente importante, pois nos garante a formatação de dados científicos para a elaboração de políticas públicas, para melhorar a geração de empregos, transporte público e a saúde da região”, disse.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Hermano Carvalho, os dados serão um “guia” das ações dos governos do DF e de Goiás voltadas ao crescimento dos municípios pesquisados. “Com essas informações os gestores terão condições de identificar oportunidades ou até priorizar problemas mais urgentes que impedem o crescimento econômico dessas cidades”, finalizou.