Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/12/19 às 17h49 - Atualizado em 8/01/20 às 11h56

Laboratório Include Sol Nascente se prepara para a inauguração

COMPARTILHAR

 

Os laboratórios INCLUDE, ligado ao programa da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal PASSAPORTE PARA O FUTURO proporcionam um ambiente ideal para o desenvolvimento da economia brasileira com base na tecnológica. É o primeiro laboratório que tem apoio do GDF e que tem o intuito de inserir os jovens na iniciação científica, pesquisa para a resolução de problemas evidenciados em suas comunidades. Esses projetos visam o desenvolvimento real de soluções de desigualdade econômica e social.

Os primeiros laboratórios no Brasil construídos por iniciativa do setor público já estão com as obras 100% concluídas. O laboratório do Sol Nascente, em Ceilândia-DF tem capacidade para receber 30 alunos. O objetivo é levar educação científica, tecnológica e de inovação às localidades carentes, aonde dificilmente chegaria de outra forma.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, ressaltou que a ideia é promover a inclusão social econômica por meio da tecnologia para famílias de baixa renda e transformar jovens em grandes gênios da inovação tecnológica. “Temos inúmeros casos de meninos (as) que vivem em situação de vulnerabilidade e o laboratório Include vem de encontro para atraí-los e oferecer oportunidades.

A inauguração do laboratório Include no Sol Nascente acontecerá dia 29/01/2020 e as aulas serão em turno contrário do calendário escolar, ou seja, se o estudante tiver aula de manhã poderá fazer o curso a tarde. Todas as modalidades têm duração de seis meses. Outra novidade são os certificados que serão assinados pelo instituto Campus Party e pela Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF. As inscrições são feitas no próprio laboratório, no site Include- Campus Party ou no portal da SECTI. As aulas começam no dia 10 de março de 2020.

 

Reportagem: Geysa Albuquerque