Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
19/09/23 às 17h43 - Atualizado em 8/07/24 às 8h59

Secti-DF e Fecomércio-DF discutem parceria para fomentar a exportação do mercado de jogos eletrônicos

Foto: Divulgação Fecomércio-DF

 

 

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal (Secti-DF) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF) se reuniram na sexta-feira (15) para firmar uma parceria com o intuito de promover a exportação do setor de serviços do DF, em especial do mercado de games.

 

De acordo com o secretário de ciência, tecnologia e inovação, Gustavo Amaral, o setor possui um enorme potencial de contribuir a economia local e tem se destacado tanto no âmbito nacional quanto internacionalmente “O mercado de games do Distrito Federal tem apresentado resultados bastante positivos ao longo dos últimos meses e conquistado, cada vez mais, reconhecimento. Este segmento é responsável pela criação de oportunidades de negócios, emprego e renda e um importante pilar de uma economia criativa e inovadora. ”

 

“Toda a população do Distrito Federal ganha com essa importante parceria com a Secti, pois estaremos abastecendo o mercado de trabalho com mão de obra qualificada e cumprindo a missão do Sesc e Senac em oferecer o que há de mais moderno para nossos alunos. Lembrando que a Faculdade de Tecnologia e Inovação do Senac-DF é hoje uma das melhores do país, com equipamentos tecnológicos e diversos cursos de graduação e pós-graduação, todos voltados para Tecnologia e Gestão. Estamos focados em formar profissionais capacitados para o futuro e para as necessidades de mercado que estão surgindo com as novas tendências”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire.

 

A expectativa é de que a parceria possibilite a realização de seminários e palestras, bem como a promoção de rodadas de negócios e o fomento à qualificação profissional em áreas tecnológicas.

 

Números do setor de jogos eletrônicos do DF

 

Atualmente, o Distrito Federal conta com 20 empresas desenvolvedoras de games. O relatório anual da Associação de Desenvolvedores de Jogos Eletrônicos do DF (Abring) aponta que o faturamento do setor ultrapassou R$ 8,5 milhões em 2022, um crescimento de 10,8% em relação ao ano anterior. Vale destacar que o setor foi o responsável pela geração de 182 empregos diretos e esse número pode crescer ainda mais, já que 54% dos respondentes não formalizados do levantamento feito pela Abring pretendem abrir uma empresa de jogos.

De acordo com dados divulgados pelo setor na última quinta-feira, uma das empresas ajudou a movimentar R$ 14,4 bilhões apenas na região centro-oeste. Esse valor inclui R$ 4 bilhões em receita anual para desenvolvedores de aplicativos, incluindo jogos eletrônicos.