Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/09/15 às 21h44 - Atualizado em 30/10/18 às 12h21

Paulo Salles é aprovado para a presidência da Adasa

COMPARTILHAR

Votação aconteceu hoje (29) no plenário da CLDF

 


Paulo Salles acaba de ser aprovado para a presidência da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa). A votação ocorreu na tarde desta terça-feira (29), no Plenário da Câmara Distrital, e segue ao Palácio do Buriti para a publicação no Diário Oficial.


A partir de agora, Salles seguirá à frente das atividades de organização do 8º Fórum Mundial das Águas, juntamente com colaboradores e representantes do grupo de apoio formado por diversos setores e órgãos do GDF. O evento mundial é a maior representação no setor de recursos hídricos, e promete movimentar a cidade em 2018 com a recepção de mais de 40 mil pessoas durante o período das atividades. Além dos setores ligados ao tema, diversos outros, interligados direta e indiretamente, terão a oportunidade de movimentar diferentes áreas locais produtivas.

 

“Vamos aproveitar a oportunidade de sediar o fórum para, desde já, fazermos uma mobilização que envolva escolas, governos, comunidades científicas e sociedade civil para garantir políticas cada vez mais eficientes e ousadas que proporcionem o uso múltiplo, consciente e adequado dos recursos hídricos”, resumiu o governador durante o primeiro encontro entre o governo local e representantes do Conselho Mundial das Águas. 

 

A expectativa é de que o Brasil ganhe maior respaldo internacional e aumente a representatividade nas atividades do sistema mundial que trata sobre o assunto. “Ao agirmos com maior empenho e responsabilidade, visando implementar atividades constantes que visem melhorar o controle do gasto desenfreado da água, sobretudo no que tange à escassez dos recursos hídricos, sem esquecer de manter o foco na sustentabilidade, vamos assegurar que as gerações futuras sejam impactadas pelo alerta mundial que destaca o assunto a respeito da finitude e dos perigos que a falta de água traz para a manutenção da vida”, ressaltou o presidente da Adasa.