Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/03/19 às 18h12 - Atualizado em 12/07/19 às 17h55

Termo assinado para beneficiar as mulheres do DF

COMPARTILHAR

 

Na manhã desta sexta- feira (8), data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, juntamente com o Governador Ibaneis Rocha, a secretária da Mulher, Érika Filippeli e várias autoridades  de política local participaram de uma homenagem às mulheres. A cerimônia aconteceu no Palácio do Buriti. Na oportunidade, o Governador Ibaneis assinou o decreto de criação da rede Sou + Mulher. O programa é resultado de articulações entre entidades públicas e privadas do DF para a promoção de ações voltadas à valorização feminina, ao empreendedorismo, à autonomia econômica e ao enfrentamento à violência contra as mulheres.

 

Durante a solenidade, o secretário Gilvan Máximo  em parceria com a secretaria da Mulher assinaram um termo  que  tem objetivo de alinhar políticas públicas que vão favorecer as mulheres do Distrito Federal. “A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação pretende apoiar todas ações que a secretaria da Mulher irá realizar nas áreas de inovação tecnológica”, afirmou o secretário Gilvan.

 

Érika Filippeli ressaltou  que a mulher é forte  e essa força irá vencer os grandes desafios como o feminicídio. “Eu me sinto muito honrada em ter como mentor um homem guerreiro e corajoso que como o Governador Ibaneis. Tenho certeza que é chegado um novo tempo para as mulheres do DF e por isso comemoramos essa parceria e o comprometimento de todos os secretários com a causa”, destacou.

 

 

Dentre essas ações da rede Sou + Mulher está a implantação do Espaço Mais Mulher na Agência do Trabalhador, em Taguatinga, no apoio à formação, qualificação e orientação da mulher na conquista da independência financeira. Segundo a secretária da Mulher, Érika Filippeli, a autonomia financeira é um dos elementos de força das vítimas de violência doméstica. “Estamos engajados em mudar a realidade da mulher no DF com ações que serão permanentes a partir deste mês de março”, ressalta a secretária.

 

Reportagem:  Geysa Albuquerque

Fotos: Ascom – Secti DF